Relato de uma garota que não acreditava no amor

Eu nunca fui do tipo que aceitava ser amada, sempre foi muito fácil amar os outros, mas quando era em relação a mim, eu nem me amava e nem achava que alguém fosse capaz de me amar, e isso gerou problemas e questionamentos do tipo “será que alguém é capaz de me amar como eu sou? ”.

Por muito tempo, muito tempo mesmo, eu não me sentia digna do amor, e com isso eu fui desacreditando nele, chegou uma fase da minha que eu definitivamente acreditada que o amor não passava de reações biológicas e hormonais.

E eu sempre fazia questão de expor os meus pensamentos na tentativa de encontrar alguém que me fizesse de alguma forma voltar a crer no amor, pode parecer estranho, mas a minha descrença era baseada em não ter tido nenhuma experiência verdadeira com o amor.

Mas essa equação estava errada, já que eu não estava procurando o amor no lugar certo, ou melhor dizendo, eu estava procurando o amor nas pessoas erradas, e esquecendo de olhar para o verbo amar, Jesus.

Eu só fui capaz de me sentir amada quando experimentei pela primeira vez o que o amor de Jesus inundando o meu ser, e asseguro que é impossível sentir esse amor e pensar que os hormônios humanos possam ser suficientes para gerar esse tipo de sentimento.

Hoje, eu só sei falar de amor, seja ele qual for.
Você não se ama? Experimente deixar Jesus te amar.

10 comentários:

  1. Vida sem amor (seja ele qual for), não é bem vivida. O amor de Jesus com certeza é muito importante na minha vida, fonte de inspiração! O amor próprio também é fundamental para uma vida feliz! Adorei o post!

    ResponderExcluir
  2. Também já tive vários questionamentos assim. Não me amava direito e também, e talvez por isso, não acredita que alguém poderia realmente fazê-lo. Me identifiquei muito com o texto. O amor próprio é algo realmente poderoso. Parabéns pelo texto. Beijos (:
    www.brincandodeolivia.com

    ResponderExcluir
  3. O amor, ágape, realmente não se baseia em atitudes ou em nada. O amor de Deus é o único, verdadeiro e confiável. Que bom que tu investe seu tempo em pregar a palavra de Deus, isso é lindo. Continue e não desista, há um mundo inteiro precisando conhecer o amor de Deus.
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Quando a gente aprende a se amar por dentro e por fora, amar nossas peculiaridades, amar nossas curvas, amar o que carregamos no peito e na cabeça, o amor se torna possível, porque só assim nos sentimos merecedores do amor, seja ele qual for ♥ É preciso aprender a amar para entender seu significado tão forte.

    ResponderExcluir
  5. Que lindooo! ♥ E é verdade, impossível ser somente produtos hormonais. ♥

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
  6. Também já senti que seria impossível alguém me amar como sou e por isso eu sempre desejei ser outra pessoa. Isso resultava ta ausência de auto aceitação, auto amor e auto cuidado. Felizmente hoje me amo pela pessoa que eu sou e entendo que posso e mereço ser amada pelo meu jeitinho. O amor de Deus é puro e nos preenche. Ele me traz esperança e me enche de paz.

    Beijinhos e ótima semana!
    http://barbaradoblog.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem? As vezes passamos por situações tristes, as pessoas nos machucam, nos decepcionam, e faz com que fechemos nossos corações para o amor, o que é uma pena. Mas nada como um dia após o outro para nos curarmos e voltar a acreditar novamente no amor não é mesmo? Primeiro devemos nos amar e depois tentar amar o próximo. Ótimo texto. Beijos, Érika ^.^

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Me revi imenso nas suas palavras iniciais, a nossa única diferença é que descobrimos o amor de que precisavamos de forma diferente! No meu caso, vi no amor próprio aquele que procurava insistentemente, e só sinto que posso receber o amor dos outros <3
    Parabéns pelo texto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Amanda! Bonito o seu texto e um belo testemunho. Até :)

    Leonardo

    ResponderExcluir
  10. Que texto inspirador, fico muito feliz que voce descobriu o verdadeiro amor, que está em Jesus!

    ResponderExcluir

@amandahauane